Soluções digitais garantem maior eficiência à gestão no varejo

Implementação de ferramentas tecnológicas pode ajudar a aumentar produtividade, reduzir custos e ter mais visibilidade

10/11/2020 às 22:52

Com a retomada da economia e alta competitividade no mercado, trazer maior eficiência à gestão do negócio se torna fundamental para o sucesso da operação. Assim, a transformação digital se apresenta como grande aliada. 

Durante a pandemia, o varejo atestou como a migração para o virtual resultou em um crescimento exponencial do comércio eletrônico.

Atualmente, vive-se uma mudança de comportamento do consumidor, que se tornou mais exigente, priorizando atendimento rápido e eficiente. Essa demanda que pode ser suprida com a ajuda da tecnologia.

Nesse cenário, é importante entender o nível de maturidade digital do negócio, para identificar as soluções tecnológicas mais adequadas  para alavancar a operação

Quer entender melhor como aplicar a inovação em seu empreendimento? Neste artigo, você verá:

  • Expectativas do varejo
  • Garantindo a estrutura para trazer maior eficiência à gestão do comércio
  • A flexibilidade da nuvem e como auxilia na performance do negócio
  • Como os dispositivos conectados podem garantir maior eficiência à gestão de equipes

Expectativas do varejo

Segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada pelo IBGE no dia 8 de outubro, as vendas no varejo físico cresceram 3,4% em agosto, resultado que traz boas perspectivas. Aliás, de acordo com o gerente da pesquisa, Cristiano Santos, esse é o maior patamar de vendas desde 2000.

No virtual, ao contrário, foi observado um forte aumento no período de quarentena. De acordo com artigo publicado pela Neotrust houve um crescimento de 112% da quantidade de tickets de venda no e-commerce brasileiro no segundo trimestre de 2020 em comparação ao mesmo período de 2019. Isso significa que chegamos no número de 82,8 milhões de pedidos em três meses.

Essas tendências positivas indicam, também, uma alta competitividade, o que deixa claro que é preciso inovar e se destacar para aumentar o volume de vendas. 


LEIA MAIS: Soluções digitais ajudam a otimizar a gestão no varejo


Garantindo a estrutura para trazer maior eficiência à gestão do comércio

Não é novidade que inovação e tecnologia andam juntas: é possível aplicá-las para ganhar market share tanto em lojas físicas quanto no varejo virtual.

De acordo com levantamento da IDC, o pagamento contactless se tornou um imperativo para a experiência do cliente. E, até 2023, 85% dos varejistas devem oferecer até duas opções de transações sem contato.

Com esse novo tipo de demanda, é essencial contar com um bom serviço de conectividade e com equipamentos que tenham a capacidade de processamento necessária para manter a operação ágil e eficiente. Entretanto, esse investimento pode ser um obstáculo para pequenos e médios negócios. 

Um caminho para contornar essa questão é o aluguel equipamentos de microinformática. Assim, não é necessário um investimento inicial para compra desses dispositivos, liberando capital para outras atividades essenciais. 

Para facilitar essa transição digital e apoiar o crescimento pós-pandemia do comércio, a Vivo Empresas oferece o Vivo Tech. O serviço oferece diversos equipamentos para locação, como notebook e impressoras, com atualização permanente, suporte dedicado e manutenção ilimitada.


LEIA MAIS: Como a capacidade de processamento dos equipamentos impacta o avanço da digitalização


Nuvem: flexibilidade e suporte à performance do negócio

Da mesma maneira que os equipamentos são fundamentais para o bom desempenho digital, o uso de aplicações em nuvem é vital à gestão do varejo. Seja para armazenamento de dados ou para se estabelecer no comércio eletrônico, esse ambiente virtual traz novas possibilidades para o negócio. 

Entre seus principais destaques alinhados às necessidades do setor, está a escalabilidade. Ou seja, a possibilidade de crescimento (ou de um aumento da capacidade de processamento da rede) para suprir demandas de vendas em datas de altos picos de pedidos. 

Desse modo, é possível melhorar a infraestrutura e pagar apenas pelo que foi usado, o que possibilita maior eficiência à gestão de recursos.

Além disso, a Cloud permite o armazenamento de dados que, combinada com  soluções de segurança, também fornece uma maior visibilidade da operação como um todo. 


LEIA MAIS: Soluções em Cloud: como a virtualização ajuda a resolver problemas e otimizar processos nas empresas


Por fim, investir em nuvem é também se preparar para o futuro. De acordo com um estudo publicado pela consultoria Gartner em julho de 2020, o mercado mundial de serviços de cloud pública deve crescer 6,3% só neste ano, totalizando US$ 257,9 bilhões.

Outra pesquisa feita pelo IDC vai além e estima que o tamanho dos serviços relativos à cloud deve chegar à cifra de US$ 1 trilhão em 2024.

Como os dispositivos conectados podem garantir maior eficiência à gestão de equipes

Entender o dia a dia da força de trabalho, bem como priorizar o bom uso de recursos como a frota de veículos do negócio, é essencial para potencializar resultados. Mas nem sempre é simples obter essa visibilidade. 

Nesse sentido, para gerenciar em tempo real o que está acontecendo, é possível utilizar os dispositivos conectados. A consultoria Gartner aponta, em levantamento, que a conexão de dispositivos em nuvens distribuídas é uma das principais tendências para 2021.

Portanto, com o uso de recursos baseados na Internet das Coisas (Internet of Things, ou IoT em inglês), o gestor pode ter uma ampla visão de toda a equipe e de como suas funções estão sendo desempenhadas.

Recursos baseados na Internet das Coisas ajudam gestores no varejo (Getty Images)

Para isso, a solução Vivo Gestão de Equipes (VGE) oferece mais eficiência e entendimento dos níveis de  produtividade Além disso, permite reduzir custos e até mesmo contribuir para um melhor planejamento do dia a dia.

O Vivo Frota Inteligente (VFI) permite o mesmo padrão de visibilidade sobre os veículos da empresa. Inclusive, essa solução pode proporcionar uma economia de combustível de até 15%, 8% de redução de custos operacionais e 3,5% de redução de tamanho de frota.

Outros usos inteligentes de IoT que se destacaram no momento de retomada e podem ajudar o comércio são:

  • o monitoramento do distanciamento físico
  •  e da qualidade do ar nas lojas e centros de distribuição

LEIA MAIS: 47% das empresas aumentarão investimentos em IoT, afirma Gartner


Conclusão

Em resumo, o varejo tem grandes desafios pela frente. E a digitalização pode ajudar não apenas a superar esses obstáculos, como também a se destacar no mercado. 

Nesse sentido, as soluções digitais trazem novas oportunidades e facilitam a maior eficiência à gestão como um todo: equipe, estoque e recursos. Dessa forma, é possível mapear pontos de melhoria na produtividade e, assim, dar todas as informações que um gestor precisa para tomar decisões assertivas de forma rápida. 

A Vivo Empresas apoia a digitalização do mercado braisleiro e conta com um portfólio completo de produtos em Conectividade, Equipamentos, Cloud, Segurança, Big Data, Ferramentas de Colaboração, TI, Gestão de Tecnologia e IoT.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira nossos artigos:

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio