A tecnologia como aliada na nova onda do varejo digital


Publicado em 02/09/2020, às 9:00
Gerente de performance digital da Leroy Merlin

Estar dentro das residências por mais tempo, realizando atividades que anteriormente eram feitas na rua, trouxe um novo olhar para o espaço de convivência diária. Tal comportamento resultou em um crescimento de 83% no setor online de Casa & Móveis, de acordo com um estudo realizado pela consultoria Conversion, divulgado em junho de 2020.

Em poucos dias, nosso lar passou a ser escritório, restaurante, academia, clube…. No entanto, poucos estavam preparados para essa nova configuração, o que fez muitos detectarem a necessidade de realizar melhorias em diferentes aspectos, principalmente para reforçar o conforto nos ambientes. 

O resultado foi um aumento exponencial no consumo de itens para o lar, conforme mostra a pesquisa Cost of Living Amid Covid-19, divulgada em julho de 2020. De acordo com a análise, os brasileiros compraram, de 22 de maio a 5 de junho, 60% a mais em sites que vendem alimentos, produtos e serviços em comparação ao mesmo período do ano anterior.

O setor de casa, mesa e banho representou 21% do consumo, ficando atrás apenas dos itens de beleza e cosméticos (36%), livros (26%), vestuário (23%) e eletrônicos (21%), indica a pesquisa Novos hábitos digitais em tempos de Covid-19, realizada pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), em parceria com a Toluna.

Vimos a procura aumentar e tivemos de reforçar nossas estruturas para isso. Tudo suportado pela escolha das tecnologias adequadas.

Varejo online em evidência

A internet nunca esteve tão movimentada como no período atual, com um tráfego acima do registrado nos anos anteriores. O IX.BR, por exemplo, registrou a maior curva crescente desde 2014. Logo nas primeiras semanas, houve um aumento de 15% nos índices de navegação.

Para se ter uma ideia, a alta no primeiro semestre do ano é maior do que em momentos de pico impulsionados por importantes datas comerciais, como Dia das Mães e Black Friday. Tais ocasiões são famosas por já movimentar, além do físico, o varejo digital.

Essa aceleração do interesse nas compras realizadas pela internet reforçou as estruturas digitais das lojas, até mesmo das que já operavam no universo virtual. A maior parte pôde experimentar uma explosão de crescimento em performance nos seus canais online.

Isso fez muitas companhias voltarem às atenções para as suas estruturas tecnológicas, reforçando o que já existia. E, claro, buscando novas formas de aumentar a disponibilidade das páginas e de oferecer uma experiência de compra digital satisfatória para os clientes.

Como trabalhamos nessa nova onda do varejo digital

No caso da Leroy Merlin, esse aumento foi suportado por ferramentas e soluções tecnológicas capazes de garantir estabilidade da operação. Essa diretriz nos permitiu atender a um volume maior de chamados e compras. Desde que identificamos essa necessidade, partimos para a busca imediata de soluções que atendam à demanda.

Realizamos um trabalho constante em parceria com agências e veículos para automação de campanhas e pluralização nas opções do consumidor. Fizemos questão de oferecer caminhos de acordo com os objetivos dos nossos clientes, seja para entrega em casa, retirada em loja ou drive-thru

Nossa estratégia foi estar presente em diferentes canais, com ênfase nos digitais, para que o consumidor conseguisse optar pela forma mais conveniente e segura de comprar seus produtos e cuidar da casa em um período tão controverso.

Aliás, mesmo no momento atual, em que boa parte das cidades começam um movimento de reabertura (e vemos uma corrida às lojas em muitas delas), o meio digital continua a crescer em tráfego e volume de pesquisas.

E o futuro do varejo digital, como será?

Muitos estudos já ressaltam que os hábitos dos consumidores foram fortemente impactados com a quarentena. Inclusive, o estudo Guia de tendências pós-covid-19, fruto de uma parceria entre a Opinion Box e a Social Miner, mostra que 64% dos brasileiros pretendem continuar comprando pela internet mesmo depois que a crise passar.

Reconhecemos esse avanço e entendemos que a transformação digital é um caminho sem volta. Aliás, essa jornada tem sido construída passo a passo, que em 2020 ganharam um novo ritmo, muito mais acelerado. No entanto, acreditamos que não haverá retrocessos. 

Durante a pandemia, vimos quão importante foi estruturar nossa jornada com soluções que viabilizaram a presença multicanal da Leroy Merlin. Agora, reunimos todos os nossos aprendizados para seguir por esse caminho, cada vez mais seguro, otimizado e eficiente. 

Para isso, contamos com a tecnologia como uma parceira capaz de viabilizar a nossa presença em diferentes plataformas, de acordo com as necessidades dos clientes.

Gerente de performance digital da Leroy Merlin

Gostou deste conteúdo?

Compartilhe nas suas redes:
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio