Como atrair investidores para uma startup?

Conseguir investidores é um momento crucial para qualquer startup. Veja como estar pronto.

21/02/2020 às 9:00

Para atrair investidores para a sua startup, você precisa:

  • Entender quais os diferentes tipos de investidores.
  • Quais os principais pontos que são avaliados no momento de se investir em uma empresa.
  • Como preparar a sua startup para esse momento.

Não importa se sua startup já está operando ou se está em processo para sair do papel, atrair investidores certamente faz parte do plano. Afinal, todo empreendedor quer um negócio economicamente saudável para se desenvolver. Além do capital, muitas vezes, ter um investidor significar ainda o bônus de ter um mentor e o acesso a uma rede de contatos estratégicos.

A boa notícia é que, apesar das dificuldades que o Brasil ainda apresenta para o sucesso de uma startup (de legislação a incentivo), os investidores estão em busca de oportunidades. Por isso, estar preparado pode fazer toda a diferença.

Como atrair investidores: uma mesa com anotações, caneta, computador e bebidas.
Sempre há investidores buscando novos negócios para investir. Foto: Pixabay

Quem é o investidor de startups?

Investimento não é tudo igual. Saber a diferença entre os tipos de investimentos para cada momento da startup é fundamental. Por exemplo, o investimento-semente é aquele que da fase inicial de implementação e organização de operações.

Já um investidor-anjo é uma pessoa física que geralmente procura startups com alto potencial de retorno rápido. Além disso, investimento por venture-capital envolve participação acionária do investidor no negócio e tem foco em startups com potencial de grande valorização.

É preciso entender também que investimento não é só dinheiro. Junto com o investimento, vem o investidor. Portanto, é preciso ter afinidade quanto à visão do negócio, gestão, expectativas e, claro, personalidade.

Aliás, não espere sentado. Se quer atrair investidores, saiba quem são e onde estão os potenciais investidores para a sua startup. Ou seja, informe-se sobre como eles tem investido e o que estão procurando. Circule, exponha sua ideia, interaja. Veja nosso Calendário Startup 2020, com eventos voltados ao ecossistema.

Como atrair investidores: imagem de uma semente para representar o investidor -semente.
Investidor-semente sempre investir no começo de uma startup. Foto: Pixabay

Como atrair investidores?

Apesar das especificidades dos tipos de investidores, há alguns pontos comuns que influenciam todos eles. Não importa quão inovadora, importante ou disruptiva seja a sua ideia, se você não estiver com o bê-a-bá abaixo em dia, as chances de atrair investidores serão menores.

Start 1

Visão 1 – Apresentar bem a sua startup como ela é hoje é importante. Mas ter visão clara dos seus objetivos, propósito e missão, ter visão de futuro, de expansão e direções possíveis pode virar o jogo.

Visão 2 – Conheça bem o seu produto, público, mercado, concorrência. Ninguém precisa saber tudo e a gente vai aprendendo no caminho. Mas tomar parte no universo em que sua startup se encontra é importante. Mostra seu comprometimento.

Pitch Construa um pitch potente, considerando os diferentes interlocutores e ocasiões possíveis. Ou seja, tenha as principais informações e argumentos na ponta da língua. Nunca se sabe quando uma oportunidade pode cruzar seu caminho.

Montar um bom time também é fundamental para atrair investidores.
Montar um bom time também é fundamental para atrair investidores. Foto: Pexels

Start 2

Time – A escolha da equipe tem um peso enorme no sucesso de uma empresa, especialmente em uma startup, por seu porte e caráter inovador. Portanto, ter um cofundador ou sócio que o represente totalmente e colaboradores que se dediquem 100% ao empreendimento é determinante para alguns investidores.

Segurança virtual – Essa é uma questão que abrange não somente a segurança de dados, mas redução de custos, proteção financeira, competitiva e da integridade da empresa. Uma startup tem como característica fundamental o elemento tech. Portanto, não dá para descuidar. Inclusive, a Vivo Empresas pode te ajudar nesse momento, com uma grande variedade de produtos e serviços para proteger a sua startup. Clique aqui para saber mais sobre Segurança da Informação.

Transparência – Total transparência é sem dúvida um dos tópicos mais importantes. Englobando tanto as informações para o investidor (situação da empresa, gastos, eventuais dívidas, número de vendas, projeções, etc.), como para o consumidor do seu produto ou serviço. A organização virtual é forte aliada aqui também.

Escalabilidade – Grande parte dos investidores procura startups com modelos de negócios, produtos ou serviços que possam facilmente, ou com o mínimo de adaptação, serem replicados em condições e localidades diversas.

Sustentabilidade – Investimento deve servir como impulso, seja para construção ou expansão. A maioria dos investidores procura startups com alto potencial de sustentabilidade. Tenha clareza quanto a isto no seu plano de negócios.

Start 3

Teste – A possibilidade de testar sem (tanta) pressão do mercado faz parte dos privilégios de uma startup. Os investidores do segmento são atraídos justamente pelas altas possibilidades de inovação e maleabilidade. Portanto, seja aberto, não esconda falhas, divida insights e aproveite a oportunidade.

Timing – Por último, mas não menos importante, certifique-se que é o momento certo para receber um investimento. O jargão em inglês para este momento é investment ready. Mas, como saber se sua startup está pronta para receber investimento? Essa definição exige análise do negócio como um todo. Situação geral, previsões, clareza quanto ao destino do investimento, análise de retorno sobre esse investimento, viabilidade de arcar com as condições propostas pelo investidor, entre outras.

Como atrair investidores: imagem de uma árvore.
Para criar uma startup sólida e forte é preciso identificar o momento certo de receber um investimento. Foto: Pixabay

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil e ficamos na torcida pelo sucesso da sua startup. E para ter mais acesso a artigos como esses, siga conosco aqui no Blog Vivo Empresas. Fique conectado e até a próxima!

Gostou deste conteúdo?

Compartilhe nas suas redes:
Veja mais sobre
Empreendedorismostartups
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio