Tecnologia no setor da saúde amplia atuação e qualifica processos


Publicado em 17 de dezembro de 2020, às 9:11
Head of Digital Products Sales da Vivo

Por muitos anos, diversos processos tradicionais foram mantidos dentro do setor da saúde, mas a pandemia de Covid-19 impactou no segmento e a demanda pela presença de soluções inovadoras dentro do ecossistema aumentou e impulsionou a transformação digital.

Conforme as tecnologias ampliam sua presença em rotinas cotidianas da população, a saúde se viu em um momento em que pacientes e profissionais da área buscavam alternativas para tornar diversos processos mais eficientes.

Essa busca por um segmento mais conectado fez surgir um mercado promissor de tecnologia. Segundo levantamento da Distrito Healthtechs Report, divulgado em fevereiro de 2020, o segmento de healthtechs cresceu 141% em cinco anos – saltando de 160 startups para 386.

Ainda segundo o estudo, de 2014 até este ano, os investimentos nas empresas de saúde dobraram – passando de US$ 7,1 bilhões para US$ 14,6 bilhões.

Com isso, instituições tradicionais tiveram que buscar por inovações que respondessem rapidamente a demandas latentes de seus públicos e colaboradores. Dessa forma, o mercado começou a caminhar para um cenário mais qualificado e eficiente.

Profissionais apoiam utilização da tecnologia no setor da saúde

A tecnologia torna a atuação de diversas áreas dentro do segmento mais eficiente. Em outras palavras, a atuação dos especialistas, por exemplo, amplia seu alcance no impacto na vida das pessoas.

Durante o atual momento, a telemedicina foi um caminho positivo trilhado em diversas frentes de atuação. Segundo levantamento produzido pela Associação Paulista de Medicina, divulgado em março de 2020, 90% dos profissionais participantes possuem uma percepção positiva sobre a atuação a distância.

Apoiados por uma conectividade em redes móveis e fixas, profissionais qualificados romperam barreiras geográficas para realizar atendimentos e suportar tratamentos a distância. De forma geral, a população começa a possuir uma rede de atendimento mais ampla e especializada.

A conectividade se torna primordial nesse processo, pois se faz necessária uma solução que responda de forma rápida e segura diversos acessos. Por isso, uma rede estável, veloz e robusta se mostra uma grande aliada nessa etapa.

Possibilitar que mais pessoas usufruam da tecnologia no setor da saúde é, em outras palavras, possibilitar uma maior qualidade de vida e salvar mais vidas todos os dias em diversas regiões do Brasil.

Cloud possibilita mais segurança e reforça compromisso ético.

O redesenho do setor da saúde está também diretamente ligado ao fato de que a tecnologia possibilita mais segurança em diversas etapas. Os servidores cloud, por exemplo, atuam com um número maior de barreiras que protegem dados e informações primordiais de pacientes, instituições e profissionais.

Dentro do setor de saúde existem diversas atuações baseadas em uma ética profissional reforçada constantemente. Um desses processos é sobre o armazenamento e a forma de divulgação de informações. Com modelos mais tradicionais, o acesso a elas se torna mais fácil, mas, com a tecnologia, somente pessoas autorizadas conseguem encontrá-las.

Além disso, a recuperação de informações, assim como a transposição ou migração delas ocorre de maneira muito mais flexível. Com isso, também é possível atender a um aumento de demanda de forma muito mais ágil.

Neste atual momento, por exemplo, o número de pacientes aumentou rapidamente. Com data centers tradicionais, o custo e a possibilidade de crescimento seriam desafios a serem superados por instituições do âmbito privado e público.

Com a tecnologia no setor da saúde e a utilização de servidores cloud, por exemplo, isso aconteceria de forma imediata e com um custo-benefício muito maior. Em outras palavras, existiria ganhos na economia de investimentos e na efetividade dos processos.

Futuro do setor de saúde é conectado

Em conclusão, é possível afirmar que o futuro do segmento é baseado na transformação digital. Essa mudança dentro da estratégia das instituições irá impactar diretamente a experiência de colaboradores e, principalmente, pacientes.

Imagine como muda a relação dos usuários com a instituição se ela for suportada pela tecnologia de forma eficiente. De forma prática, possuir um sistema de saúde conectado é ampliar o acompanhamento dos usuários, uma maior oferta de soluções para os colaboradores, além de proporcionar maior acolhimento para outros elementos do ecossistema.

Possibilitar que acompanhantes possam acessar uma rede qualificada e segura, além de serem orientados virtualmente onde estiverem, impacta na forma que os pacientes se sentem. Em momentos sensíveis, a tecnologia no setor da saúde surge como uma aliada para reforçar as relações humanas.

Head of Digital Products Sales da Vivo

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio