Enem Digital: como a conectividade possibilitará a realização da prova online

O exame virtual será usado pela primeira vez em 2021, mas levará alguns anos para trocar definitivamente o papel pelas telas

07/08/2020 às 9:00

A educação está passando por mudanças e, assim como diversos setores, já está sendo impactada pela transformação digital. Nesse contexto, chega o Enem Digital. Devido à pandemia da Covid-19, a prova foi adiada para 2021. E pela primeira vez, será realizada online.

A proposta é que o primeiro Exame Nacional do Ensino Médio virtual seja executado por 100 mil inscritos. Apesar disso, os candidatos precisarão ir até locais predeterminados para fazer a prova em equipamentos específicos.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), a implementação da modalidade digital será progressiva, com consolidação total até 2026, quando não haverá mais o teste em papel.

Neste artigo, você vai ler:

  • Os benefícios do Enem Digital
  • Enem Digital e a desigualdade no Brasil
  • Como garantir a segurança
  • A importância das ferramentas digitais
  • Diferença para os vestibulares online

Imagem de uma pessoa digitando em uma computador e um caderno ao lado para simbolizar o enem digital.
Enem Digital será realizado por 100 mil estudantes em 2021. Foto: Getty Images

Vantagens do exame online

A previsão do MEC é a de que a economia de papel proporcionada pelo Enem Digital superará os R$ 500 milhões. Além da otimização de despesas aos cofres públicos, também há diversos ganhos ambientais com a eliminação de impressões e descartes.

Os benefícios aos estudantes também são enormes. O novo modelo vai permitir uma prova mais dinâmica e completa, com questões que incluem vídeo, gráficos e até mesmo games.

Confira, portanto, outros benefícios que o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) destaca:

  • Possibilidade de aplicação em mais municípios, facilitando o acesso dos alunos à prova;
  • Realização em diversas datas por meio de agendamento;
  • Redução da complexidade de logística de aplicação do exame;
  • Análise das individualidades dos estudantes por meio de Inteligência Artificial.

Apesar de ser digital, alunos terão de ir a locais específicos para fazer o Enem Digital. Foto: Getty Images

Enem Digital e a desigualdade no Brasil

A ideia de digitalização do Enem segue uma tendência mundial e a necessidade de modernizar todos os setores do governo. Entretanto, a falta de infraestrutura das escolas públicas brasileiras é uma preocupação.

Há instituições com poucos computadores e localidades em que os alunos têm baixo acesso à tecnologia para realizar o exame digital.

Sendo assim, é preciso que o processo gradual de transformação do Enem inclua a educação digital dos estudantes e uma melhoria da estrutura tecnológica das instituições públicas.

LEIA MAIS

Segurança é prioridade

Conforme o diretor de Tecnologia da Informação e Disseminação de Informações Educacionais do Inep, Carlos Mussi, cada participante terá uma senha para acessar a prova. Haverá ainda reconhecimento facial e criptografia para assegurar a segurança dos dados e certificados digitais.

Entre as soluções de Segurança da Informação mais importantes para o exame está a codificação de ponta a ponta, que garantirá que todo o processo, do armazenamento das questões à correção da prova e divulgação dos resultados, tenham os dados criptografados com segurança.

Imagem de um cadeado digital para simbolizar a segurança digital.
Criptografia é uma das tecnologias mais importantes para o Enem Digital. Foto: Freepik

Esse processo está diretamente relacionado à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), número 13.709 de 2018 que assegura a proteção de dados os usuários.

Já para garantir o controle antifraude durante o exame, serão usados mecanismos de bloqueio de outros programas. Assim, durante a realização da prova, o navegador do aluno terá restrição de acesso apenas à página do teste.

A importância das ferramentas digitais

Se a sua instituição de ensino quer seguir o exemplo do governo federal na aplicação de exames online, além de segurança, é preciso investir em conectividade, tendo em vista a aplicação online.

Portanto, é preciso contar com uma conexão segura e de alto desempenho, como a Internet Dedicada, solução oferecida pela Vivo Empresas.

Dessa forma, garante-se que não haverá instabilidade e que os alunos poderão ficar 100% conectados à internet durante a prova.

Além disso, outra tecnologia importante para a adoção de testes virtuais são as soluções em nuvem, que permitirão flexibilidade e robustez à operação e trarão uma camada extra de segurança, uma vez que as informações trocadas são criptografadas.

Como funcionam os vestibulares digitais

Imagem de alunos sentado em salas de aula com um computador na mesa para simbolizar vestibulares online.
Atualmente, mais de 10 instituições de ensino oferecem vestibulares online. Foto: Freepik

Essa modalidade está presente em mais de 10 instituições de ensino no Brasil, como, por exemplo, FMU, Anhembi Morumbi, São Judas e Belas Artes.

Porém, diferentemente da proposta do Enem Digital, as provas são aplicadas em ambiente 100% online e o inscrito não precisa sair de casa para realizá-las.

Por isso, o vestibular digital faz uso de mais recursos antifraude, como uso de imagens pela webcam, gravação da interação do usuário com a plataforma da prova e análise de plágio.

Conclusão

A digitalização traz transformações profundas, inclusive na educação. Com o Enem Digital ou vestibulares online, o aluno troca o papel e a caneta por computadores, economizando recursos das instituições de ensino.

Porém, para obter a eficiência desse processo, é preciso investir em tecnologias como Conectividade, Segurança da Informação e soluções em Cloud.

Com uma carteira de mais de 1,5 milhão de usuários corporativos, a  Vivo Empresas é uma parceira estratégica para a transformação digital de negócios de qualquer tamanho e estágio de maturidade digital.

Além da importância da Conectividade, possuímos soluções tecnológicas como Cloud, Data Center, IoT, Big Data, Ferramentas de Colaboração, Tecnologia da Informação, Gestão de Tecnologia, Equipamentos e muito mais.

Conte com a gente para apoiar a digitalização da sua organização educacional.

Por fim, se quiser saber mais sobre o avanço da tecnologia na área de educação, confira outros artigos que separamos para você:

Então, até breve!

Gostou deste conteúdo?

Compartilhe nas suas redes:
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio