Monitoramento inteligente: como a IoT pode garantir a eficiência das empresas

Estudos revelam que o uso da Internet das Coisas em organizações deve crescer 30% em 2020

13/07/2020 às 9:00

Até 2027, o mundo terá 41 bilhões de dispositivos conectados – é o que diz o estudo The Internet Of Things 2020, divulgado em março de 2020 pela plataforma Business Insider Intelligence. Para se ter uma ideia do avanço, em 2019 eram apenas 8 bilhões. E a pesquisa indica ainda que diversos setores serão beneficiados com tecnologias baseadas em IoT (ou Internet das Coisas, em português).

Segundo a análise, a evolução dos sistemas tem sido cada vez mais ágil e personalizada, por isso está de acordo com as exigências das empresas que decidem investir nessa abordagem para proteger seus ambientes físicos.

Realizar esse monitoramento de modo inteligente, remoto e com efetividade é um atrativo para os gestores brasileiros. A expectativa da Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese) é de que o interesse por esse tipo de solução cresça 30% até o final de 2020.

Neste artigo você vai ver:

  • Usos e vantagens da Internet das Coisas em diferentes contextos
  • Como o monitoramento inteligente pode fazer a diferença em cidades e empresas
  • A importância de escolher ferramentas confiáveis e eficientes

Mulher de negócios usando máscara no escritório durante a pandemia de COVID-19 para simbolizar o monitoramento inteligente.
Realizar o monitoramento de modo inteligente e remoto é um atrativo para os gestores brasileiros. Foto: Getty Images

Usos e vantagens da Internet das Coisas

Muito tem se falado sobre IoT e sua aplicação em diferentes segmentos. Mas antes de seguirmos adiante, é importante entendermos o conceito e as suas funcionalidades. Conforme o Gartner, trata-se de “uma rede de objetos físicos que contêm tecnologia incorporada para se comunicar, detectar ou interagir entre si ou com o ambiente externo”.

Essa conexão é possibilitada pelo UPnP (Universal Plug and Play), protocolos que viabilizam a identificação e a conexão entre os dispositivos para a troca de configurações e dados, permitindo que todos trabalhem de maneira sincronizada.

Na área da saúde, por exemplo, as soluções têm sido utilizadas para minimizar o contato físico nos atendimentos e detectar novas ondas da Covid-19. Dessa forma, é possível ter uma boa ideia da importância que esse tipo de abordagem representa.

Empresário trabalhando com computador tablet moderno no escritório moderno simbolizando o monitoramento inteligente.
O uso de monitoramento inteligente deve crescer 30% até o final de 2020. Foto: Getty Images

No setor de monitoramento, a IoT pode ser bastante eficiente. Isso porque faz os dispositivos trabalharem a favor dos gestores. Ou seja, câmeras e sensores inteligentes geram dados e ainda possibilitam que o monitoramento seja feito a distância.

Espaços abertos

O conceito de cidades inteligentes mostra bem como a IoT funciona. Em Florença, na Itália, há sensores de distanciamento social em pontos turísticos para garantir que não exista aglomeração de pessoas. Os dados são analisados pelo sistema, que indica automaticamente quando há turistas muito próximos.

Em Moscou, há 170 mil câmeras instaladas em pontos estratégicos para detectar problemas como roubos e infrações de trânsito. A ferramenta promove um monitoramento inteligente, com reconhecimento facial, capaz de cruzar dados para identificar criminosos procurados pela polícia.

No Brasil, a cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, instalou cerca de 70 câmeras nas áreas que mais sofriam roubos de carro e, em comparação a 2019, registrou uma queda de 35% no número de infrações cometidas. Indicadores positivos, que reforçam a importância da tecnologia no contexto de segurança.

cidade inteligente de tecnologia com comunicação de rede internet da coisa. Conceito de Internet das Coisas.
Atualmente a IoT já é usada nas cidades no reforço da segurança. Foto: Getty Images

Monitoramento inteligente faz a diferença

O uso de soluções em IoT reflete em ganho de eficiência, automação e produtividade para as empresas. Essas três características são essenciais para qualquer negócio, independentemente do segmento. No setor de monitoramento, os avanços tecnológicos permitem que os sistemas contratados avaliem em tempo real os ambientes.

Essa análise contínua é capaz de detectar problemas, que são comunicados imediatamente para uma central. Dessa forma, as chances de resolução – sem danos – tendem a ser maiores.

De acordo com Abese no início de 2020, a procura por serviços relacionados à proteção patrimonial teve um aumento de 8% em 2019 – o setor faturou R$ 7,17 milhões no total. Os itens mais buscados por líderes empresariais foram alarmes, sensores e câmeras, sobretudo os dispositivos que permitem um monitoramento inteligente.

Close-up da mão do homem segurando móvel com recurso de ícone de controle doméstico inteligente com fundo de cozinha
O uso de IoT já é realizado em residências e empresas. Foto: Getty Images

Soluções efetivas reduzem incidentes

Escolher tecnologias eficientes é essencial para mitigar riscos. A Vivo Empresas  tem realizado um estudo constante do setor para aprimorar e ampliar a digitalização do setor. E entre as principais soluções de seu portfólio de internet das coisas destacam-se os Equipamentos de IoT, voltados a pequenas e médias organizações.

A seleção de dispositivos inclui câmeras, alarmes e sensores, tais como:

  • Smart Central: gerencia a comunicação entre os sensores e facilita a configuração do sistema (possui sirene embutida);
  • Sensor de Movimento: detecta a presença de movimento em ambientes internos e envia notificações para o celular cadastrado;
  • Sensor de Abertura: quando instalado em portas, janelas ou gavetas, detecta sua abertura e notifica o proprietário em tempo real;
  • Smart Câmera WI-Fi: monitora todo o ambiente e também envia notificações em tempo real em casos de ações suspeitas;
  • Smart Câmera 360 Wi-Fi: monitoramento em alta definição, com cobertura de 360º em menos de três segundos. Tem visão noturna e microfone.

Vantagens

Todos os equipamentos que integram o portfólio podem ser controlados remotamente por um aplicativo, que reforça o conceito de monitoramento inteligente. Confira outros benefícios dessa solução:

  • Usabilidade: o sistema plug and play é fácil de usar, ou seja, pode ser gerenciado por gestores com qualquer nível de digitalização;
  • Tempo real: notificações são enviadas frequentemente aos clientes para garantir um acompanhamento em tempo real;
  • Integração: todos os itens, dados e funcionalidades ficam disponíveis em um único aplicativo de gestão, desenvolvido com exclusividade pela Vivo Empresas em parceria com a Positivo Tecnologia (disponível para iOS e Android).

“Varejos e escritórios buscam soluções mais digitais e otimização de custos. Nosso objetivo é trazer produtos com novidades tecnológicas a partir de um ecossistema de monitoramento inteligente. O controle a distância contribui para que o gestor possa mapear seus espaços onde quer que esteja, reduzindo deslocamentos e facilitando a interação com seus clientes.”

Debora Bortolasi, diretora de Produtos Digitais e Inovações B2B da Vivo.

Conclusão

Tecnologias baseadas em IoT deixaram de ser tendências, comumente apontadas por relatórios e pesquisas do setor, e passaram a integrar a realidade de muitos segmentos e sistemas. Com a pandemia de Covid-19, por exemplo, a saúde e a segurança foram beneficiadas. E diversos estudos estão em andamento para aprimorar as facilidades oferecidas.

Optar por uma ferramenta do gênero, no caso da proteção patrimonial de empresas, garante um gerenciamento mais simplificado e detalhado. Trata-se de um monitoramento inteligente, que pode ser feito a partir de um celular.

Além de garantir proteção, esse tipo de solução ainda contribui com a praticidade da rotina, sobretudo de gestores, que conseguem monitorar seus negócios em tempo real, sem necessariamente estarem no ambiente físico.

A Vivo Empresas entende e acompanha as necessidades de evolução das companhias, independentemente dos segmentos e áreas de atuação. Por isso, amplia o seu portfólio em IoT, reforçando a digitalização das empresas e a importância da conectividade.

LEIA MAIS:

Gostou deste conteúdo?

Compartilhe nas suas redes:
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio