Como a conectividade contribui com empresas no combate à Covid-19

Estudo mostra que 77% das pessoas esperam que as marcas sejam úteis à vida cotidiana durante a crise.

29/05/2020 às 9:00

Meses se passam e o combate à Covid-19 torna-se cada vez mais evidente. Os números de pessoas afetadas e de vítimas fatais ainda crescem ao redor do mundo, sistemas nacionais de saúde entram em colapso exigindo tomadas de decisões rápidas de todos: cidadãos, governos e empresas. 

E se os negócios, de pequeno a grande porte, estão sendo diretamente afetados por essa crise global, como podem auxiliar na luta contra o coronavírus? A mudança é necessária: um estudo da Kantar mostra que 77% dos 25 mil entrevistados esperam que as marcas sejam úteis na nova vida cotidiana e 8% são mais incisivos, acreditando que elas devem deixar de anunciar seus negócios durante este período. 

O papel das companhias e, principalmente, a maneira que se comunicam ao mercado sofreram uma transformação. Hoje, portanto, não basta apenas vender produtos ou serviços. Por isso, estão em vantagem aqueles que sabem como utilizar a conectividade a seu favor.

Neste artigo, você vai ver:

  • A importância da conectividade para as empresas;
  • Exemplos de empresas que estão explorando a conectividade;
  • Ferramentas fundamentais em meio à pandemia;
  • O que é Internet das Coisas (IoT) e como utilizá-la;
  • O que é Big Data e como aplicar no seu negócio.

Imagem que mostra como a conectividade é importante para as empresas, então temos o simbolo de um wi-fi e várias coisas interligados a ele.
A conectividade é fundamental para qualquer empresa que queira se destacar. Foto: Pexels

A importância da conectividade

De alguns anos para cá, muito se fala nos avanços da conectividade nas empresas, especialmente com a constante ascensão do modelo de negócios da indústria 4.0, que unifica o mundo físico e online para criar fábricas inteligentes e hiperconectadas.  

A transformação digital se baseia em três principais pilares:

  • Processos ágeis;
  • Novos modelos de negócios;
  • Boa experiência do cliente.

Isso permite um aumento considerável da produtividade, organização e interatividade da empresa.

O investimento em conectividade tornou-se necessário para todos os negócios que desejam se manterem competitivos diante da concorrência. Isso porque o uso de tecnologia guia nossa atual vida cotidiana. Um estudo divulgado em 2018 pela Cisco, líder mundial em TI e Redes, já apontava que cada pessoa no mundo teria uma média de 3,6 dispositivos conectados até 2022. 

Essa união de canais e pontos de atendimento, portanto, possibilita uma experiência de compra integrada (omnichannel) e permite que metade dos brasileiros adquira produtos, ao menos uma vez por mês, utilizando o celular.

Imagem de um celular e um cartão de crédito, mostrando como  a conectividade permitem as compras online.
Até 2022, cada pessoa no mundo terá uma média de 3,6 dispositivos. Foto: Pexels.

Empresas que usam a conectividade para ajudar a população

  • PicPay e doações: a companhia criou uma Central de Doações com o intuito de facilitar o apoio a ONGs e empresas que necessitam de ajuda financeira durante a pandemia. A central possibilita três alternativas: por QR code ou pelo próprio app; por assinatura, com valores fixos mensais; e diretamente no site da instituição interessada. Portanto, utilizando seu próprio serviço e app está conectando pessoas para simplificar doações.
  • Bancos e testes rápidos: diversos bancos anunciaram redução da taxa de juros em suas linhas de crédito, além de outras soluções provisórias. Porém, uma das principais ações sociais bancárias foi a união entre Santander, Itaú e Bradesco para importar cinco milhões de testes de detecção da Covid-19.
  • Artistas e lives: profissionais de diversas especialidades, com destaque para músicos, concentraram seus esforços na criação de vídeos ao vivo para se apresentarem aos fãs. Em apenas um mês, o uso da ferramenta Instagram Live cresceu mais de 70%. Um dos maiores exemplos foi o festival online One World: Together At Home, em parceria com a Organização Mundial de Saúde (OMS). O festival reuniu dezenas de artistas globais, foi assistido por mais de 20 milhões de pessoas e arrecadou US$ 127,9 milhões para trabalhadores da área da saúde que ajudam no combate ao coronavírus.
  • Plataformas de ensino e capacitação: o segmento educacional também está se reinventando. Inúmeras plataformas de ensino estão disponibilizando conteúdos gratuitos para quem deseja aproveitar o período de quarentena para se capacitar profissionalmente. Até mesmo Harvard, uma das principais instituições educacionais do mundo, aderiu ao novo modelo e liberou mais de 100 cursos com certificado.

Ferramentas fundamentais em meio à pandemia

Internet das Coisas (IoT)

Atualmente, é quase impossível falar de conectividade e não citar a Internet das Coisas (IoT, do inglês “Internet of Things”). Isso porque a tecnologia representa a evolução do tema: se antes a conectividade era voltada às pessoas. Hoje, a troca de informações e dados ocorre entre os próprios dispositivos e sem intervenção humana, por meio de aplicações M2M (Machine to Machine).

Na prática, a Internet das Coisas é o que dá vida aos assistentes virtuais (como Alexa e Google Home) e possibilita a criação de carros autônomos, por exemplo. A IoT pode ser utilizada de diversas maneiras. Confira então as principais:

  1. MKT Dinâmico: solução inovadora da Vivo Empresas, que aprimora a experiência de compra e possibilita a redução de custos. É ideal para inovar durante a pandemia. Isso ocorre porque a plataforma de gestão, alocada em nuvem, unifica os espaços físicos e digitais para ajudar a melhorar os processos operacionais. Além disso, possibilita que a marca contate seus clientes de maneira mais interativa;
  2. Vivo Gestão de Equipes: outra obrigatoriedade das empresas em meio à pandemia da Covid-19 é inserir a conectividade nos processos internos para garantir um modelo de negócios saudável aos colaboradores, com destaque para o home office. Para isso, é necessário oferecer uma gestão que facilite a comunicação e proporcione maior agilidade, ao mesmo tempo que possibilita uma liderança eficaz dos responsáveis. Com a solução Vivo Gestão de Equipe, os gestores podem identificar onde está a sua equipe de campo, criar tarefas, enviar mensagens e formulários personalizados, além de verificar rotas e visitas. Os colaboradores, por outro lado, podem encontrar as melhores rotas até o cliente e se organizar melhor de acordo com as demandas.

Imagem de como a conectividade alcança a todos. Temos imagem aérea de uma cidade e por cima dela vários ícones de computador, celular, cloud, sinal de wi-fi e tudo mais que serve para conectar.
A plataforma LUCA agrega dados de maneira anônima em uma plataforma centralizada e segura. Foto: Getty Images

Conclusão

O coronavírus alterou a maneira que a sociedade funciona e a vida não voltará ao normal tão breve. Agora, espera-se que as empresas tenham uma relação mais próxima e sincera com seus clientes, de modo que elas entendam seu papel na comunidade. E a conectividade é fundamental nesse processo.

Empresários devem, sim, refletir e cuidar de seus negócios nesse momento tão crítico, no entanto também têm a responsabilidade de desenvolver soluções em prol de seus consumidores, por mais simples que sejam.

O que a sua companhia pode oferecer? A Vivo Empresas quer te ajudar a fazer a diferença. Conheça nossas ferramentas, confira outros artigos do Blog Vivo Meu Negócio e coloque suas ideias em ação.

Até a próxima!

Gostou deste conteúdo?

Compartilhe nas suas redes:
Veja mais sobre
GestãoInternetTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio