Tecnologia em restaurantes: como garantir o atendimento seguro dos clientes

21/12/2020 às 9:33

O setor de Bares e Restaurantes é um dos que mais sofreu o impacto com as turbulências de 2020. Vendo toda a demanda migrar, do dia para a noite, do atendimento presencial para o de entregas a domicílio, diversos estabelecimentos precisaram virar as suas operações de imediato.

Nesse cenário, a tecnologia em restaurantes vem para ajudar os empreendedores do setor a garantir um retorno seguro aos empregados e aos clientes, que buscam uma nova experiência quando decidem sair de casa após meses de isolamento. 

Neste artigo, você descobrirá como a inovação ajuda no atendimento ao consumidor e a proporcionar mais  segurança ao ambiente. Saiba mais sobre:

  • Panorama atual;
  • Conectividade e Internet das Coisas em restaurantes;
  • Como a tecnologia em restaurantes ajuda a manter o distanciamento;
  • Produtos e soluções para o seu restaurante

Panorama atual

A virada das operações presenciais para o delivery em bares e restaurantes no ano de 2020 foi ilustrada em estudos do Sebrae e da Abrasel. De acordo com os materiais:

  • 25% dos empreendimentos começaram a fazer delivery em 2020;
  • 60% dos estabelecimentos usam aplicativos de entrega;
  • 53% acreditam que a segurança sanitária é primordial.

Com o afrouxamento das regras mais rígidas de distanciamento social em muitos estados, o consumidor começou a comer fora de casa.

Dessa maneira, os estabelecimentos precisarão estar cada vez mais aptos a  oferecer uma nova experiência, com mais segurança e respeitando os protocolos de isolamento ainda vigentes.

Como a tecnologia em restaurantes ajuda a manter o distanciamento

Distanciamento e uso de máscaras são fundamentais nos restaurantes

Pensando nessa circunstância, a consultoria McKinsey fez um levantamento e descobriu que 73% dos clientes afirmam que o cardápio eletrônico é essencial nesse novo contexto.

Esse dado reafirma como as novas práticas em bares e restaurantes são fundamentais, inclusive, porque o delivery continuará sendo parte importante do rendimento dos estabelecimentos. Para este momento, é preciso:

  • Cardápios eletrônicos;
  • Pagamentos sem contato;
  • Aparelhos que aufiram automaticamente ou manualmente a temperatura das pessoas;
  • Sistema para registro e encaminhamento de pedidos (delivery);
  • Aplicativos de entrega (delivery).

Garçons podem manter uma distância segura dos clientes. Já o pagamento sem contato via carteiras eletrônicas evita que o consumidor precise digitar a senha e se contaminar.

Da mesma forma, há, também, outras maneiras de assegurar que o número reduzido de mesas garanta a segurança dos frequentadores. Com um sistema automatizado no restaurante, é possível saber por um painel interno quais são as mesas vagas e até há quanto tempo cada pessoa está ali.


LEIA MAIS: Como a transformação digital impulsiona os negócios


Em redes de fast food, como o McDonald’s, há toda uma mudança na experiência do pedido: descontos por QR Code no aplicativo, pagamento por aproximação e apenas uma quantidade máxima de clientes para fazer o pedido no estabelecimento. 

Ademais, há a necessidade do respeito a todas as medidas de segurança, como distanciamento, obrigatoriedade de máscara, face shield e barreira de acrílico entre funcionários e consumidores.

Conectividade e Internet das Coisas: a tecnologia em restaurantes

Garantir um ambiente seguro para os funcionários e clientes é essencial na retomada das atividades do comércio 

Nesse cenário, com a tecnologia em restaurantes e bares, uma possibilidade é fazer o monitoramento do ambiente com dispositivos inteligentes, garantindo, assim, um distanciamento seguro entre as pessoas no ambiente.

Diante de tantas possibilidades que a tecnologia proporciona, dados da consultoria Gartner mostram que, nos próximos meses, 47% das empresas investirão em Internet das Coisas, a IoT, independentemente dos impactos da Covid-19. Vinte e cinco por cento das empresas estão privilegiando a automatização por meio de acesso remoto e gerenciamento à distância, segundo a empresa, enquanto 23% estão escolhendo medidas de automação seguras para reduzir as preocupações com a Covid


LEIA MAIS: 47% das empresas aumentarão investimentos em IoT, afirma Gartner


Produtos e soluções para o seu restaurante

As soluções baseadas em Internet das Coisas têm aplicações diversas e otimizam rotinas e processos em estabelecimentos dos mais diversos tamanhos e perfis. 

Assim, serviços de IoT da Vivo Empresas permitem aos empreendedores  fazer a gestão inteligente dos ambientes de maneira remota. Por exemplo:

  • Smart Central;
  • Sensor de Movimento;
  • Sensor de Abertura;
  • Smart Câmera Wi-Fi.

Essas são algumas das tecnologias em restaurantes que podem melhorar o dia a dia de seu empreendimento.

Conclusão

Por fim, as exigências de clientes em bares e restaurantes mudou muito em meio à flexibilização do distanciamento social. Assim, a tecnologia passou a ocupar um espaço central, ajudando empreendedores a controlar melhor o fluxo de pessoas em seus estabelecimentos e garantindo maior segurança à saúde de todos.

Nesse cenário, o uso de soluções de IoT para promover o bem-estar e saúde dos colaboradores virou uma forte tendência em todo o mundo.

Dessa maneira, para modernizar seu estabelecimento, você pode conferir o portfólio da Vivo Empresas com diversas soluções, como Conectividade, Equipamentos, Cloud, Segurança, Big Data, Ferramentas de Colaboração e Tecnologia da Informação.

Quer saber como garantir mais segurança no ambiente de trabalho?

Leia estes artigos que separamos para você:

Até a próxima!

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio