Bares e restaurantes: como impulsionar as vendas para o Dia dos Pais

06/08/2020 às 9:00

É muito comum as famílias comemorarem datas especiais, como o Dia dos Pais, com um jantar ou um almoço. No entanto, a insegurança de sair de casa e as medidas restritivas certamente modificarão esse hábito em 2020.

De acordo com a Associação Brasileira dos Lojistas de Shopping (ALSHOP), os consumidores vão priorizar o comércio eletrônico, uma vez que, ainda por receio da contaminação, deixarão de sair das suas casas para comprar presentes ou fazer surpresas. Esse avaliação reforça que a principal alternativa para que os estabelecimentos prosperem nessa data será, então, apostar no meio digital.

Um levantamento conduzido pelo Google, em junho de 2020, constatou que os novos hábitos de consumo impulsionaram mudanças na logística, como, por exemplo, o aumento das entregas com carro e de pedidos via delivery.

Atualmente, 37% dos brasileiros conectados usam esse tipo de entrega com mais frequência. E 51% das pessoas que aderiram a compra de alimentos online afirmam que seguirão com essa prática mesmo após o fim do isolamento social.

Aliás, trata-se de uma tendência não só para momentos como esse. A pesquisa O futuro do consumo num cenário pós-Covid-19, fruto de uma parceria entre a Opinion Box e a Social Miner, revelou que, a partir de agora, 19,6% dos brasileiros vão pedir comida online em vez de irem aos espaços físicos e 68,7% alternarão entre os dois tipos de serviços. Portanto, é preciso se preparar.

Neste artigo, você verá:

  • Cenário atual de compra em bares e restaurantes
  • Dicas para se preparar para o Dia dos Pais
  • Como o delivery pode ajudar
  • De quais maneiras é possível atrair os clientes com produtos novos e promoções

Imagem de um garfo, uma faca e um presente em cima da mesa para simbolizar o dia dos pais.
19,6% dos brasileiros vão pedir online em vez de irem aos espaços físicos. Foto: Getty Images

Cenário atual do segmento

Um dos setores mais afetados pela pandemia foi o de bares e restaurantes, segundo uma pesquisa divulgada em junho de 2020 pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Realizada em parceria com a Alelo, o estudo revelou que, somente na primeira quinzena de abril, o Índice de Consumo em Restaurantes (ICR) sofreu uma redução de 63,7%. Em maio, a queda foi de 57,9% em comparação ao mesmo período de 2019.

Para evitar prejuízos, os estabelecimentos apostaram em novos modelos de negócio, muito mais focados no digital. O delivery, por exemplo, ganhou protagonismo desde o início da quarentena. Segundo uma pesquisa divulgada em junho de 2020 pela Mobills, startup focada em gestão de finanças pessoais, os gastos com apps de entrega cresceram 94% entre janeiro e maio.

Bares e restaurantes tiveram de estruturar uma adaptação rápida para atender a essas novas demandas – e utilizaram a conectividade para suportar esse modelo.

Portanto, garantir uma internet de qualidade foi essencial nesse período para permitir diferentes tarefas, como o recebimento dos pedidos, a verificação do andamento dos mesmos e o uso de ferramentas de colaboração.

Imagem de um pai e uma filha comendo em um restaurante.
Um dos setores mais atingidos na pandemia foi o de bares e restaurantes. Foto: Getty Images

E como se preparar para o dia dos pais?

Mais uma vez, o delivery ganha relevância nesse contexto. Isso porque, como há uma tendência maior de compra online, a expectativa é de que as pessoas façam os pedidos sem sair de casa.

E os bares e restaurantes podem utilizar dois caminhos para isso: optar por serviços já estruturados, como o Rappi e o Uber Eats, ou planejar um sistema próprio.

No segundo caso, ferramentas de gestão de equipes são essenciais para garantir a fluidez e a efetividade das entregas. É uma maneira inteligente de usar a tecnologia a favor dos negócios.

Para apoiar a operação digital de bares e restaurantes de diversos tamanhos e localidades, a  Vivo Empresas oferece uma solução que atua justamente nesse esfera: o Vivo Gestão de Equipe.

A plataforma conta com diferentes funcionalidades que otimizam o processo de entregas e o acompanhamento de cada colaborador. Assim, é possível:

  • Saber qual usuário está onlineoffline, fora do perímetro e fora da escala de trabalho;
  • Acompanhar o status das atividades que foram programadas para a data;
  • Trocar mensagens dentro do Vivo Gestão de Equipe e o melhor: sem gastar os dados do plano de celular;
  • Definir perímetros de rota. Se o colaborador sair daquela área, por exemplo, o gestor é avisado em tempo real;
  • Visualizar o histórico. Ou seja, os caminhos que foram percorridos pela equipe;
  • Ter acesso a relatórios gerenciais.
Imagem de um entregador fazendo delivery e com um celular na mão.
Bares e restaurantes podem ter um delivery próprio ou usar sistema prontos, como Uber e iFood. Foto: Getty Images

É preciso se destacar no Dia dos Pais

O outro caminho para o sucesso das vendas online é a atratividade.

Os estabelecimentos devem oferecer promoções e vantagens exclusivas para os seus clientes, uma vez que o preço é um dos principais fatores que os levam a desistir da compra.

Conforme o levantamento da Social Miner e da Opinion Box, 65,4% dos consumidores pretendem gastar em e-commerces apenas se os valores forem interessantes.

Portanto, estude o seu público. Análise os hábitos de compra e disponibilize ofertas que estejam de acordo com o que costumam adquirir.

Aliar a inteligência de negócio ao uso da tecnologia é uma forma eficiente de impulsionar o faturamento nesse momento.

Muitos estabelecimentos encontraram na crise maneiras efetivas de darem continuidade ao trabalho.

Um exemplo disso é o chef Leonardo Paixão, dono do restaurante Glouton, localizado em Belo Horizonte (MG), que decidiu fechar as portas do estabelecimento durante a pandemia. Mas os serviços não ficaram interrompidos.

Ele criou um kit chamado “Cozinhando com Paixão”, que traz pratos pré-prontos para a realização de um jantar marcante.

LEIA MAIS

Imagem de uma sacola de comida sendo entrega por delivery.
Alguns negócios nunca tinham feito delivery até a pandemia. Foto: Getty Images

A Pizzaria Villa Roma, localizada em São Paulo, nunca tinha operado com delivery. No entanto, precisou adotar o modelo para não fechar durante a quarentena.

O estabelecimento apostou nos já tradicionais apps de entrega e ainda investiu na compra de embalagens capazes de expelir o vapor com maior facilidade, mantendo a crocância dos produtos.

Além disso, uma pizza de múltiplos sabores permitiu aos clientes degustarem o famoso rodízio da casa. Com essas medidas, as entregas foram as responsáveis por 20% do faturamento.

Aliar a inteligência de negócio ao uso da tecnologia é uma forma eficiente de impulsionar as vendas e reforçar o processo de transformação digital dos negócios.

Conclusão

São novos tempos no que diz respeito ao consumo e dados do setor indicam que o segmento de bares e restaurantes foi um dos mais impactados pela pandemia. Em meio à incerteza, os estabelecimentos tiveram de se reinventar para dar continuidade às operações. Tudo em tempo recorde.

Agora, com a reafirmação de que existe uma tendência maior de compra online, investir em conectividade é mandatório para possibilitar as vendas em um universo digital. Ficou claro que percorremos um caminho sem volta. E a tecnologia é uma grande aliada nessa jornada.

Nós, da Vivo Empresas, também temos trabalhado duro nesse período para atender às novas necessidades do mercado, com toda a assertividade que o momento exige. Para isso, estruturamos um portfólio assertivo e abrangente.

Além dos serviços de internet, como Rede Móvel, Voz Fixa e Banda Larga, oferecemos soluções completas de Conectividade, Equipamentos, Cloud, Segurança, Big Data, Ferramentas de Colaboração, TI, Gestão de Tecnologia e IoT.

Quer saber mais sobre como preparar o seu negócio para o crescimento na era digital? Leia esses artigos que separamos para você:

Conte conosco nessa nova etapa.

Até breve!

Gostou deste conteúdo?

Compartilhe nas suas redes:
Veja mais sobre
ColaboraçãoGestãoVendas
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio